Novas postagens estão vindo, só que meu novo notebook tem teclado inglês, ou seja, sem acentos, e não quero fazer uma postagem ruim para vocês, então, vai demorar um pouquinho, já que vou ter que usar o computador de casa. Mas pelo menos eu estou de volta, hehe. :)

12 de outubro de 2011

Minha fanfic - Parte 7

Continuando a fanfic! Cliquem em Leia Mais e veja!
Cheguei em casa toda melecada de sorvete. Me sentia uma otária. Mas, meus pensamentos foram cortados pelo grito de horror de minha mãe:
- LARISSA! O QUE ACONTECEU?
- Nada mãe - disse segurando as lágrimas
- Bem, vá agora tomar um banho
Então subi. Entrei no meu quarto e me joguei no chão. Não queria que isso estivesse acontecido. Queria que isso fosse só um pesadelo... Mas não era. Fui tomar meu banho. Praticamente fiquei 2 horas em baixo do chuveiro pensando "Será que ele gosta de mim?", "Por que a Samantha me odeia tanto". Bom, só me resta pensar. Depois do banho, vesti meu pijama e me joguei na cama. Deve ter passado umas 2 horas e só assim dormi. Quando acordei, estava péssima. Me vesti e fui correndo para a escola. Parece que todos estavam olhando para mim. E isso piorou quando Samantha passou por mim e começou a rir junto com suas seguidoras. Pareciam mais cachorros seguindo o dono. Nisso, alguém esbarrou em mim. Foi John, mas ele nem olhou para meu rosto. O que será que tinha acontecido? Será que ele estava com raiva de mim? Meus pensamentos foram cortados (novamente, pelo jeito adoram me cortar não?) pelo sinal da aula. Matemática... Eu era boa em Matemática, por isso sempre fui a melhor de minha escola, mas aqui não. Em todos os corredores tinha uma lista dos melhores alunos e em todos estavam em primeiro lugar: Samantha Kely, Samantha Kely, Samantha Kely. Ela não me deixa em paz! O que eu fiz? Só eu agindo como qualquer outra menina que sonha com um menino bonitinho! Sinceramente, cansei desse lugar. Por que minha mãe tinha que conseguir esta promoção? Estava tudo indo tão bem lá. Entrei na sala de Matemática e iria sentar atrás de John, mas ele me olhou torto. Por que TUDO dá errado comigo? Foi então que pensei que todos estavam olhando para mim, me senti mal, e dei um grito. Aí que realmente todos olharam para mim. Foi então que eu entendi TUDO: eu sou louca. É, só pode ser. Sai correndo, e fiquei sentada no refeitório. Aí alguém chegou...

0 chocolates-quentes derramados:

Postar um comentário

Regrinhas dos comentários:
-Pode divulgar seu blog, mas pelo menos conte o que achou da postagem.
-Deixe o link do seu blog/site para que possamos retribuir o comentário.
- Não são permitidos xingamentos e termos chulos.

Comente a vontade!

.