Novas postagens estão vindo, só que meu novo notebook tem teclado inglês, ou seja, sem acentos, e não quero fazer uma postagem ruim para vocês, então, vai demorar um pouquinho, já que vou ter que usar o computador de casa. Mas pelo menos eu estou de volta, hehe. :)

10 de setembro de 2011

Menina Diz que sofreu Bulliyng de Demi

Menina diz que sofre bullying de Demi Lovato, será que é verdade?

Olhe o que a Kristin (nome da menina) disse em uma entrevista
Minha história (não) contada.
Eu vejo um artigo de revista, um comercial, um vídeo no YouTube, um tweet, uma postagem, uma foto. E isso só me enfurece. Minhas sobrancelhas se unem e meus músculos ficam tensos e meu estômago se embrulha. Ódio. Vergonha. Inveja. A injustiça de tudo isso dentro de mim simplesmente não deixa isso acabar. Eu não sei por que isso tem sido a única coisa que eu nunca fui capaz de me libertar. Eu não guardo rancor. Mas isso é apenas demais. Isso me afetou muito. Mudou a minha vida. Arruinou a minha infância. Ela me destruiu. Eu nunca entendi porque ela me odiava. Sim, eu era diferente, mas o que eu tinha feito para merecer o que ela me fez? O que ela disse pra mim? Como ela agia comigo? Tipo, eu era uma maria-macho. Por que isso era da sua importância? Porque eu não era uma filha de uma líder de torcida do Dallas Cowboy. Quem se importa? Eu não estava no Barney e nem era melhor amiga da Selena Gomez. Eu não queria nada daquilo. Eu não era linda e popular. Por que ela fazia questão de jogar isso na minha cara? A escola primária e o ensino médio são os períodos em que você descobre a sua identidade, a sua personalidade, o sentido de ser você mesmo. Eles são os anos que você passa se defendendo e criando sua própria confiança. Então, o que acontece quando isso é interrompido? O que acontece quando, durante a época em que você supostamente está ganhando autoestima, uma única pessoa te destrói pouco a pouco, dia a dia? Sou o exemplo do que acontece.
Eu entendo que todo mundo é um intimidador por alguma razão. Eles foram abusados, maltratados ou intimidaram eles próprios. Mas isso é uma explicação, não uma desculpa. Não existe desculpa para a forma como ela me tratou.
Eu lembro que uma vez, na 4ª série, nós estávamos em uma aula compartilhando ideias em um grupo de 4 pessoas (ela estava no meu grupo). A professora pediu ao meu grupo para dar uma última ideia e eu perguntei ao meu grupo se eu poderia responder, já que eu tinha uma boa. Ela me olhou nos olhos e disse, "Ninguém se importa com o que você tem a dizer." Eu não me lembro muito da escola primária e secundária, provavelmente porque elas foram tão desagradáveis pra mim, mas esse momento se destaca na minha mente. Eu nunca fui capaz de esquecê-lo.
Na 6ª série, me surpreendi ao encontrar eu mesma sendo amiga de duas das garotas mais populares da turma. Tentei ignorar o fato de que ela era amiga próxima delas também. Mas um dia depois do almoço, enquanto todo mundo estava no pátio, ela decidiu aprontar comigo. Com a ajuda de duas "amigas", ela me sentou em uma mesa de piquenique e desfez o meu rabo de cavalo (Eu nunca usava meu cabelo solto. Nunca. Eu era muito constrangida e odiava mudança). Eu nunca usei maquiagem (como eu disse antes, eu era uma maria-macho) e ela decidiu que era hora de mudar isso. Enquanto ela tinha minhas duas melhores "amigas" me segurando, ela pintou o meu rosto com maquiagem. Gritei e corri para dentro da escola. Me tranquei no banheiro e limpei o meu rosto. Mas eu tinha que ir para a aula. Estava assustada por ter que usar o meu cabelo solto, mas tive que usá-lo assim durante toda a aula, porque ela disse às pessoas que não me daria nada para amarrá-lo. Passei uma hora com a cara vermelha e soluçando no fundo da sala. Eu estava humilhada. Foi o pior dia da minha vida.
Depois de ela deixar a escola, as coisas melhoraram um pouco. Eu comecei a esquecer dela e seguir em frente. Mas então, ela se tornou famosa. Seu rosto estava em todos os lugares. Suas músicas estavam nas rádios. Ela aparecia nas minhas revistas. Eu ouvia as pessoas falando sobre ela estar em turnê. Milhares de garotinhas a tendo como inspiração. Como alguém que deve ser adorada e invejada.
E a pior parte disso tudo? Ela colocou sal na ferida.
Ela deu entrevistas falando sobre o quanto ela foi "intimidada" na escola. Sobre o quanto ela "não entendia" porque as garotas a odiavam. Ela começou a fazer vídeos e comerciais sobre colocar um ponto final no bullying. O ódio e a injustiça por tudo isso se espalhou dentro de mim. Como uma pessoa pode ser tão perversa? Isso me dá náuseas. E eu apenas a odeio. Ela não merece isso. Os fãs, as atenções, a fama, o amor, a riqueza, nada disso.
Eu sei que eu tenho que amar os meus inimigos, mas isso é demais. Eu fui muito magoada quando muito jovem. Estou apenas enojada. Cheia de amargura. Como posso superar isso? Como eu posso seguir em frente, tantos anos depois? Por que não consigo deixar isso passar?
O que eu não daria para ter uma chance de confrontá-la. olhá-la nos olhos e contar pra ela quantos danos ela me fez. As pessoas dizem: "Bom, você não sabe se ela mudou". Sim, eu sei. Ela voltou a Grapevine várias vezes e as amigas da escola a viram. Ela é a mesma. Esnobe. Convencida. Hipócrita. Bastante cruel. Mas ao mesmo tempo, eu acho que eu não conseguiria enfrentá-la. Tenho medo dela. Estou assustada por ela ser capaz de olhar para mim e rir. Rir porque ela é melhor. Bem mais sucedida. As pessoas gritam seu nome. As jovens garotas reconhecem sua beleza e seu talento. E o que eu tenho? Um leve transtorno bipolar e acne. Um guarda-roupa medíocre. Um cabelo feio. Uma personalidade detestável. Eu nunca seria capaz de encará-la.
Todas essas coisas me fazem mal. E quando eu olho para dentro de mim mesma, isso me deixa triste. Isso me faz me odiar. Me faz odiá-la. Me faz odiar as pessoas que se deixam ser enganadas por ela. E eu simplesmente não consigo suportar isso.
Então, essa é a minha história. Essa é a minha infância. Essa é a história de como eu fui intimidada por Demi Lovato.

Créditos: http://disneyprogramacao.blogspot.com/

2 comentários:

  1. Nossa, certeza que essa Kristen tá mentindo.
    A Demi sofreu tanto bullying que já passou por reabilitações, clinicas e tudo isso.
    Até parece que a Demi estaria mentindo, essa menina aí é que tem inveja de tudo que ela tem.
    E mesmo porque ela nunca iria fazer isso. ¬¬

    Beijos!
    meianoiteequinze.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Acho isso horrível, a Demi já passou por tantas coisas na vida, que nem o Meia noite e quinze disse: clínicas, reabilitações, etc..

    Acho que é mais um golpe, que nem fizeram com o michael jackson , o garoto falou que ele tinha sido vítima de estupro.]

    Depois quando ele morreu, ele contou a verdade. O pai só queria ganhar dinheiro.

    Eu duvido muuuuuuuuuuuito que a Demi tenha feito algo.

    beeijo ;*
    blog-da-lolica.blogspot.com

    ResponderExcluir

Regrinhas dos comentários:
-Pode divulgar seu blog, mas pelo menos conte o que achou da postagem.
-Deixe o link do seu blog/site para que possamos retribuir o comentário.
- Não são permitidos xingamentos e termos chulos.

Comente a vontade!

.